Acéfalos: Janeiro 2006

sexta-feira, janeiro 27

FHC COMEÇOU ....... EU CONTINUO...

A ÉTICA DO PT É ROUBAR
A ÉTICA DO PSDB É ROUBAR
A ÉTICA DO PMDB É ROUBAR
A ÉTICA DO PFL É ROUBAR
A ÉTICA DO PL É ROUBAR
A ÉTICA DO PP É ROUBAR
A ÉTICA DO PTB É ROUBAR
A ÉTICA DO PRONA É ROUBAR
A ÉTICA DO PDT É ROUBAR
A ÉTICA DO PV É ROUBAR
A ÉTICA DO PC do B É ROUBAR
A ÉTICA DO PSB É ROUBAR
A ÉTICA DO PPS É ROUBAR
A ÉTICA DO PRN É ROUBAR
A ÉTICA DO PRTB É ROUBAR
A ÉTICA DO PAN É ROUBAR
A ÉTICA DA PQP É ROUBAR
E COMO FHC DIGO ISSO POR QUE .... É O QUE DIZEM POR AÍ....

quinta-feira, janeiro 26

Brasil - O País do Futuro ! ! !

Notícia
Em Davos - O banco de investimentos Goldman Sachs mantém a sua previsão de que o Brasil será a quinta maior economia do mundo em 2050, e que é parte integrante dos chamados Brics.
A sigla "Bric" é composta pelas iniciais do Brasil, Rússia, Índia e China, e foi criada em outubro de 2003 em um relatório do Goldman Sachs. Segundo a projeção do banco de investimentos, em 2050 as maiores economias do mundo serão, em ordem decrescente, China, Estados Unidos, Índia, Japão e Brasil, Rússia, Alemanha, Reino Unido, França e Itália.


O que podemos dizer disso? Até 2050 Jim O'Brien (criador da tese) não estará mais vivo. Eu não estarei mais vivo. Alguém se lembrará dessa previsão?

Será que quero que o Brasil seja uma potencia econômica? Não! A sedução capitalista é efêmera e ser 5° maior economia quer dizer que os ricos estarão muito mais ricos, mas não garante igualdade social.

Vou aproveitar para iniciar minha cruzada anti dinheiro.
Vocês se perguntaram: Anti dinheiro?
Eu quero dizer exatamente isso: O fim da moeda no mundo.
Se não houver moeda, não haverá essa história de maior economia. Pode ser que continue a existir desigualdade, mas aí outras ações serão necessárias para se fazer uma humanidade mais justa.
Uma sociedade anarquista dispõe do trabalho voluntário de todos com a finalidade de evolução da humanidade.
Então surge outra pergunta: Como vou comer, o que vou vestir?
Todos nós comeremos e nos vestiremos melhor. Se nada custa, então podemos ter tudo que temos necessidade. Haverá quem trabalhe em fábricas de carros e também médicos. Se tem fome, vá comer! Terá alguém na lanchonete para te servir. A diferença é que não será necessário pagar.
Os voluntários do campo vão nos fornecer comidas para quem estiver na cidade, assim como os voluntários da cidade irão fornecer automóveis e energia para os rurais.

Mas isso é só uma introdução. Vou querer me debruçar mais tempo em outra ocasião.
Só concluindo, o mundo sem dinheiro, com trabalho voluntario derrubaria qualquer fronteira no mundo. Sendo assim, não exitiria Davos, nem Bric, muito menos Goldman Sachs.
Como disse Salomão Schwartzman: em 2050 estarei morando em frente a um bar, trabalhando com que gosto, e fazendo um pouco de sexo, porque ninguém é de ferro (mesmo com 84 anos)

terça-feira, janeiro 24

Lula e o fim da Esperança

A esperança de um país mais justo e menos desigual caiu por terra.
Desde a década de 80, quando o país se emocionou com o personagem Sassá Mutema, ficou gravado no inconsciente coletivo brasileiro a figura do "Salvador da Pátria".
E nada mais certo do que ser representante do povo. Era o caso do Lula. Na época, um ignorante politizado e moldado a ideologia comunista totalitária da União Soviética.
Seu discurso na ocasião era como a esquerda brasileira iria "proclamar a independência" do Brasil perante os imperialistas da OTAN e o FMI. Além disso, ainda teve a célebre frase de que o Congresso era formado por 300 picaretas com anel de doutor.
O tempo foi passando e a barba foi diminuindo e o cérebro crescendo. Mas o imaginário do brasileiro também mudou. Ficou mais alienado, votando no mais "inteligente" e com cagaço dos imperialistas.
Após duas décadas o "Salvador da Pátria" foi eleito com o slogan de que a Esperança tem que vencer o Medo. O Lula venceu. Não houve medo, o com o término do seu governo, não haverá mais esperança.
Assim como Sassá Mutema, Lula parece ter sido corrompido pelo poder. Não existe o diferente, só existe o mais do mesmo. O governo vai apontar o quanto foi mais competente que FHC, mas isso não esconde, nem justifica a corrupção*.
A partir do momento que a pessoa torna-se corrupta, não há mais honra, orgulho, virtude, dignidade.
Se o governo não tem essas qualidades, não adianta ter superávit, reformar estradas, ser auto-suficiente no petróleo. Fazer isso é o mesmo que fazer uma plástica em um cadáver.
O governo Lula consegue ser mais popular que o FHC, mas a concentração de poder no planalto pelos partidos aliados foi muito grande, não havendo o diálogo necessário com a oposição. Esse foi o início do fim (parecido com a situação do impeachment do Collor).
Este foi o fim da esperança de um governo do povo para todos.
Existe uma tendência da esquerda como um todo se reinventar, já vem acontecendo com alguns partidos. A próxima eleição será bastante peculiar, veremos se renascerá a Esperança do Povo na figura de outro ícone (é assim que o Brasil funciona, não é?).

*Denição de Corrupção no dicionário: podridão, devassidão, adulteração, suborno e prevaricação.

segunda-feira, janeiro 23

Por que Serra?

Desde que foi deflagrado linchamento político ao PT insurgiu nas pesquisas o nome de José Serra.
As pesquisas surgem por demanda da mídia, que malha o Judas (PT) incessantemente.
O que está por tras disso?
É de conhecimento público que as classes abastadas preferem o neo liberalismo do PSDB no governo.
Pelo fato do Serra ter sido o adversário direto do Lula na última eleição, eles iniciaram uma lavagem cerebral que lembra muito a época de Collor (dono de uma filial de emissora em Alagoas)
Hoje as pesquisas insistem de colocar o duelo Serra x Lula. Não existe Ciro Gomes, nem Heloisa Helena, nem Enéas, nem Maluf, nem ninguém.
Semana passada houve uma mudança nisso. A empresa de pesquisas CNT gerou uma pesquisa diversificando os Candidatos incluindo: Garotinho, Cristovam Buarque, Heloisa Helena. Porém ela me parece despretensiosa. Utilizou uma população de 2.000 amostras para uma população votante de mais de 100.000.000.
Acredito que a Globo tenha noticiado a pesquisa por privilegiar o candidato (Serra), e não poderia ser diferente pois ganhava até do rival de partido Geraldo Alckmin.
Parece-me que a Globo em 2002 pode ter investido no Serra, e ela quer o retorno. O linchamento político pela perda de credibilidade da esquerda brasileira vai continuar até alcançarem a certeza dessa vitória.
Vou explicitar uma opinião pessoal, peço que não me interpretem mal: mas o Serra te inspira confiança? Ele parece falar a verdade?
Os comerciais da prefeitura de São Paulo mentem ao dizer que o Serra derrubou as escolas de lata da Marta. Das escolas de lata, muitas continuam de pé, e quem as construiu foi o Pitta e não a Marta. Mas contando dessa forma fica mais eleitoreiro.
Outra opinião pessoal: o Lula acredita que está ocorrendo no Brasil o mesmo que aconteceu com Hugo Chaves que começou a diminuir a desigualdade social no país e os empresários começaram a criticar sua forma de governo a ponto de rebentar uma microrevolução.
O que a mídia noticiou: Cai o Ditador Hugo Chaves na Venezuela. Mas pera aí, ele foi eleito pelo povo. Governa para o povo, sendo assim democrata: Quem é o ditador (quem quer ditar as regras)
A corrupção do governo Lula abre precedentes palpáveis para uma queda de seu governo, mas o linchamento político é desproporcional ao movimento social. Se não há moviemento social quer dizer que o povo está amparado pelo Estado. Sendo assim democrata.
Cansei...

sexta-feira, janeiro 20

...

quarta-feira, janeiro 18

Guerra pela democracia ou Guerra pela subjugação?

Os "aliados" ocidentais vem invadindo países sem a menor cerimonia em prol de nossa segurança vem implementando a maior pasteurização cultural jamais vista na história.
Eles deveriam se vangloriar disso? De forma alguma.
A grandeza de grandes conquistadores foi manter a cultura local sob a égide de seus poderes. Foi assim com Alexandre - O Grande, e foi assim com os Romanos.
A queda desses dois impérios não ocorreram simplesmente por perda de batalhas e sim porque a tecnologia de informação simplesmente não existia, causando perda do controle sobre os povos e dificuldade de prever ataques de outras grandes nações.
Aí saltamos no tempo e chegamos a Hitler, que assim como os "aliados" ocidentais de hoje implementaram o genocídio e a invasão desmedida de forma arbitrária em outras nações com pretextos infames.
No caso dos alemães o pretexto foi a recuperação da auto estima de um povo e a prova de que ele seria predestinado a controlar o mundo.
No caso dos americanos o pretexto é levar democracia e "segurança" para o mundo e impôr "american way of life".
Apesar dos alemães serem tão carniceiros quanto os americanos, pelo menos eles eram autênticos. O discurso de Hitler sempre foi: "Vamos dominar o mundo pois ele é por direito divino da Raça Ariana"
Os americanos são ladinos, mentem. Dizem que vão prender terroristas no Afeganistão e vimos centenas de bombardeios em áreas civis.
Eles mataram 30.000 civis, destruiram hospitais e escolas para prender e matar alguns Talibans. O Afeganistão foi fácil, não passa de uma favela que chamaram de país.
Na invasão do Iraque sem autorização de ninguém do mundo, os americanos mataram um número parecido de civis no primeiro dia de ataque. Além de destrir a mais antiga biblioteca do mundo!!!
A estratégia de Bush: é gastar armamento, afinal o Partido Republicano é dono dessa indústria.
Por que Oriente Médio: Bush é socio majoritário da Texaco.
Paz? Talvez nunca mais, imaginem o rancor desse povo contra os ocidentais.
O papel do mundo todo deverá ser: dar as mãos, romper fronteiras, criarmos uma nova raça chamada CIDADÃO DO MUNDO.

terça-feira, janeiro 17

Definição de Anarquia

"O termo anarquia vem do Grego, e essencialmente significa 'sem governo'. Anarquistas são pessoas que rejeitam todas as formas de governo ou autoridade coercitiva, todas as formas de hierarquia e de dominação. Eles são portanto opostos àquilo que o anarquista mexicano Flores Magon chamou de 'trindade sombria' -- o estado, o capital e a igreja. Os anarquistas opõem-se tanto ao capitalismo quanto ao estado, da mesma forma que opõem-se a todas especie de autoridade religiosa. Mas anarquistas tambem buscam estabelecer ou realizar por varias maneiras, uma condição de anarquia, que é, uma sociedade descentralizada sem instituições coercitivas, uma sociedade organizada atraves de uma federação de associações voluntarias". ["Anthropology and Anarchism,"Anarchy: A Journal of Desire Armed, no. 45, p. 38]

Anarquia não significa caos nem faz os anarquistas gente que quer criar o caos e a desordem. Pelo contrario, queremos criar uma sociedade baseada na liberdade individual e na cooperação voluntaria. Em outras palavras, ordem desde abaixo, não desordem imposta de cima pelas autoridades.

segunda-feira, janeiro 16

Moda sem rosto: O início do fim do culto as personalidades?


Fomos roubados em 100 milhões

Fomos roubados em 100 milhões. 650 deputados e outras centenas de senadores furtaram-nos toda essa fortuna. O que a lei diz que o ladrão quando pêgo em furto (em flagrante) deve ter sua prisão decretada. Porém ninguém foi preso, ninguém gritou, ninguém no povo esbravejou. A imprensa noticiou mas a população não se mexeu.

Esta ocorrência foi a cartada final de um ano de denúncias e de espetáculos de depoimentos. O PT foi desmascarado, e cada vez que tenta cobrir a genitalha, mais aparece a bunda. A salvação são os números de crescimento do país bem superior ao governo FHC, mesmo em tempos de vacas gordas.

Em meio ao fuzilamento político ao PT surge Severino Cavalcanti, emissário da direita Militar da década de 70, amigo de Delfim Neto, Paulo Maluf e o ex vice presidente Marco Maciel (vice de FHC). Mesmo com sua saída estratégica para não perder os direitos políticos (que absurdo!!!) a população não se moveu.

Por fim, no pretexto de não parar as importantes investigações sobre o governo, a turmo do PSDB e do PFL pressionam os presidentes da Camara e do Senado a pedir a Convocação Extraordinária. Qual o objetivo? Garantir caixa para suas candidaturas no próximo ano, diminuindo a incidencia de Caixa 2. Quem devolveu o dinheiro (procurem na imprensa) já sabemos que a maioria das devoluções partem dos ladrões do PT que tem o hábito de tomar essas atitudes porém agora estão motivados a melhorar a imagem do partido.

A mídia quer empurrar guela abaixo do povo a candidatura do mentiroso compulsivo José Serra ou do incompetente de plantão (Geraldo Alckmin). Peço a todos que não se deixem iludir com a propaganda eleitoral da mídia com pesquisas viciadas nem com as mentiras em horário eleitoral.

Espero que 2005 tenha sido o ano do fim da ilusão do povo.
A Anarquia está certa: Só teremos paz e justiça quando o último governante for enforcado com as tripas do último Papa.
Mas para isso é preciso que a população saia às ruas já!!!

2006 - VOTE NULO