Acéfalos: Fevereiro 2009

quinta-feira, fevereiro 26

Humor - Assistencialismo

Vai transar? O governo dá camisinha.
Já transou? O governo dá a pílula do dia seguinte.
Engravidou? O governo dá o aborto.
Teve filho? O governo dá o Bolsa Família.
Tá desempregado? O governo dá Seguro Desemprego.
Vai prestar vestibular? O governo dá Pró Uni e Cota.

Não tem terra? O governo dá Assentamento e Bolsa Assentamento com direito a Casa.

AGORA...... Experimenta estudar... E andar na linha pra ver o que é que te acontece!!!!!
Você ganha a maior taxa de imposto do mundo e tem que pagar por tudo aquilo que você teria direito gratuitamente.

ESTE É O GOVERNO DO CESTINHA E CESTÃO!
CESTINHA ALGUMA ESPERANÇA?
CESTÃO TUDO FUDIDO!!!

quarta-feira, fevereiro 25

Karl Marx ou Nostradamus

"Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar benscaros, casas e tecnologia, fazendo-os dever cada vez mais, até que setorne insuportável. O débito não pago levará os bancos à falência, queterão que ser nacionalizados pelo Estado"

Karl Marx, in Das Kapital, 1867

Pensamentos que parecem irreais e improváveis de acontecer, saídos de uma mente acima do bem e do mal.
O encadeamentos dos fatos que Marx descreveu, não somente nesse trecho mas no livro todo, serviu para mostrar a fragilidade de se construir uma sociedade baseada na exploração e no acúmulo insano de bens.

Marx errou quando desprezou a vontade de poder dos Homens e o quanto isso é importante para impelir a humanidade para frente, mas acertou quando mostrou que a inteligência do grupo é maior que a soma do quociente intelectual das pessoas numa sociedade.

sexta-feira, fevereiro 20

O drible contra a Morte (Parte II)

A ciência pouco a pouco cria novas formas de manter nossa longevidade e a cultura em geral vem demonstrando na ficção científica o desejo de que isso se torne cada vez mais verdadeiro.

Vai chegar um dia em que ninguém mais vai precisar morrer. O que dizer disso?

A morte será um escolha do ser humano, assim como viajar, fazer um curso... O mais interessante é que não adianta ser imortal (ser Highlander) se a humanidade não evolui.

O que chamo de evolução está estritamente ligado ao sintoma cultural de nossa época. A cultura tenta se reinventar (na música, artes plásticas, literatura) mas o que fica para a massa é a mediocridade cada vez mais rasa.

Existem vários criadores notáveis em nossa época, porém estão marginalizados (em um nicho de intelectais que se sentem no alto do Monte Parnaso e acima de tudo).

Mas como falei, trata-se de um sintoma. A massa quer a mediocridade cultural; a cultura que está cada vez mais pasteurizada demonstrando os mesmos sinais na essencia da massa.

As pessoas estão cada vez mais modeladas, seguindo padrões pré estabelecidos por formadores de opinião mediocres, e por algum motivo de inconsciente coletivo é isso que as pessoas querem.

Estamos num mundo acomodado com o fácil, o simples e o imediato. Estamos num mundo que esquece da História e da importancia coletiva (não digo revolução, mas celebrações cívicas e até familiares).

Juntamente com a ferramenta que estou usando (internet) o mundo se pasteuriza. As pessoas ficam na sede de informação, mas de qualquer informação, e quanto mais curta for a manchete melhor.

E assim o exercício da reflexão morre.
Então para que ser eterno. Para que viver para sempre se vamos continuar acomodados a sermos medíocres palhaços sem graça, pobres de espírito, parasitas do Estado (esperando o salário família)

Para que viver para sempre? Para eternamente ouvir Carlinhos Brown, funk pornô e pagodinho e sertanejo de corno? Para ler Analfabetos da literatura e Zibia Gaspareto? Se a humanidade estivesse cada vez ficando mais erudita, talvez valesse a pena. Mas o que vemos é a humanidade criar subproduto da m... da mosca da m... do cavalo do bandido.

O que me move na vida é melhorar o mundo. Se não posso melhorar o mundo vou melhorar minha casa, minha família, melhorar o ambiente de trabalho, melhorar meus amigos. Quem sabe se eu for eterno consigo melhorar mais coisas.

Mas veja: algo me move.
E quanto a você: algo te move?

quarta-feira, fevereiro 18

Nova Ordem nos EUA

Já publiquei essas idéias em fóruns do Orkut e resolvi colocá-las por aqui também.

A disputa eleitoral nos EUA acabaram e será que nós ganhamos com isso?

A história de vida de McCain (adversário de Obama) mostra um homem preocupado com a honra dos americanos e em desenvolver a igualdade entre os imigrantes e os nativos de lá. 29 projetos de lei sobre o assunto.

Enquanto Obama é contra a facilitação da regularização dos ilegais. Motivo: imigrantes tiram empregos dos negros pois aceitam salários mais baixos.

A lógica do pensamento de Obama é a mesma dos brancos que reclamavam que os negros tiravam os empregos deles, e por aí vai... Mas Obama é ser humano e norte-americano e pensa como tal.

Obama é contra a expansão dos biocombustíveis na América Latina e na Indonésia. Ele alega que os terrenos utilizados, anteriormente eram áreas de mata nativa e não de cultivo.
Essa alegação é enganosa, uma vez que o Brasil utiliza 2% do território para produção de Alcool.

Qual o motivo: Os Americanos gastaram bilhões nas guerras do Golfo e Iraque para conseguirem 85% dos diretos sobre o petróleo da região num acordo de reconstrução do país (que eles mesmos destruiram). E não podem agora deixar o preço do petróleo ficar a mercê do crescimento da produção de biocombustíveis.

Obama não vai tirar as tropas dos países ocupados nos próximos 2 anos, nem fará força para que os judeus nazistas parem o genocídeo na Palestina.

Vivemos uma Nova Ordem: Tudo muda para que tudo fique como estava.

E porque: Porque ele é o presidente dos EUA e não o salvador dos povos oprimidos do mundo!

Quando ele vier ao Brasil, a receptividade será bem diferente da do Bush... haverá festa, animação.... mas os interesses do novo presidente podem ser bem piores do que o antecessor.

quinta-feira, fevereiro 12

Governo Legislativo de volta ao Status Quo

O tempo passa, o mundo gira, a dança das cadeiras no poder dão lugar a novas pessoas, mas eis que as coisas sempre voltam ao que eram....

Enquanto FHC era presidente, por diversas vezes vimos Sarney e Temer se revezarem no poder entre as casas. Naquele tempo, a alternancia de poder ocorria com o revezamento de que alguém do PSDB também detinha a presidência de alguma das casas, mas o conchavo sempre está posto.

O segundo mandato do governo Lula nem chegou na metade e temos nas duas casas, abancados os arautos do atraso desse país. Sarney e Temer dominando as casas em que se vota como o governo gastará o dinheiro. Isso com certeza trará muitas benésses financeiras ao PMDB a receber verbas para seus governadores e prefeitos e o quanto disso será desviado, só Deus sabe.

A vitória de Sarney tem outro fator muito importante no cenário político atual. Com a saúde do vice presidente José Alencar cada vez mais frágil, na ausência de Lula, quem assume é o presidente do Senado (José Sarney) e se Sarney não puder responder, Michel Temer assume interinamente.

O apoio do PMDB foi importante na governabilidade durante a crise do mensalão (alguém lembra dessa crise?). O preço que o PT está pagando poderá ser alto demais. A ponto até do PT apoiar o candidato do PMDB nas próximas eleições dependendo do pleito.

O que isso tudo muda na nossa vida: muito pouco. Mas é interessante aprendermos como as coisas acontecem nesse macro universo e ver que o mundo dá volta ao redor do Sol, mas no final volta para o mesmo lugar.

Não é meio parecido com as nossas vidas? Com a nossa natureza?

quinta-feira, fevereiro 5

O Drible contra a Morte (Parte I) Reedição

Não adianta falarmos que todos somos iguais perante Deus; ou todos somos iguais perante o Estado. A realidade é que todos somos diferentes, temos intenções diferentes. Nossas biografias tornam-nos seres únicos no Universo, e, apesar de sermos bicho, assim como cães, formigas ou leões, não agimos a partir dos nossos instintos. Nós somos um animal desejante e é esse um dos motivos da nossa evolução.

Seguimos dois desejos maiores: 1- busca do sentido da via e da felicidade e 2- a busca da longevidade ou eternidade.

A busca do sentido da vida e da felicidade está ligada a nossa rotina. Estamos sempre em busca da melhor ocupação profissional e do melhor parceiro para vivermos juntos e um sentido (amor, ambição, fraternidade).

A busca pela longevidade ou eternidade está ligada ao medo da morte. Hoje temos duas condutas: a estética e a essência. Pela estética procuramos longevidade com boa alimentação, exercícios físicos, plásticas, celulas tronco, etc. Já pela essência procuramos deixar uma obra para posteridade. Lembram da frase: escrever um livro, ter um filho e plantar uma árvore? Pois esse é um claro exemplo de posteridade.

Isso é bom, pois, impele que sejamos cada vez melhores no que fazemos para deixar como biografia. (apesar que quando morremos todos falarão que éramos santos de qualquer jeito)

A Anarquia prega a igualdade social e celebra a diferença individual. Está bastante claro que: o comunismo que prega que todos são iguais e agem pelo coletivo (vestindo roupas iguais, lendo e ouvindo coisas controladas pelo Estado em prol da coletividade).

O capitalismo prega a insurgência individual na condição da competitividade e egoismo sem respeitar as necessidades do próximo. A morte para o Comunista deve ser acompanhado do sacrifício coletivo. A morte para o Capitalista é falência financeira individual. A morte para o Anarquista é algo natural próprio da condição humana sem grilos pois a vida do anarquista é pautada pela livre solidariedade

Titubiei, Corcoveei

Após algum tempo laçando cavalos e pitando fumo e tirando espinhas do peito a luta do CAnA voltará.

Para aqueles que inadvertidamente entrarem no blog saibam que o intuito aqui não é a revolução pela força e sim pela idéia.

Nem sempre minhas idéias serão as suas, mas garanto que será muito bom você refletir sobre elas.

Romantismo utópico e inconformismo são as temáticas desse espaço. Na contramão da sociedade de consumo como evulção social e a favor da comunhão do bem!

Caso queira que eu publique um texto seu, deixe em coments que depois publico.