Acéfalos: Embate nas Infinitas Terras

terça-feira, outubro 10

Embate nas Infinitas Terras

"Oh!!!"
Esse foi o comentário geral após o "debate" entre os candidatos à presidência do Brasil.

Fatos inéditos:

* Geraldo "Picolé de Chuchu" Alckmin, esquentou. Está mais para pimenta malagueta. Apesar do tom de voz dele ainda dar sono em muita platéia. Mas tá! aprendeu a brigar, chamou o presidente do país de "mentiroso" e "mau caráter" na cara dele.

* Luiz Ignóbil "Lula Molusco" da Silva, falou em público pela primeira vez sem ler as frases: "Para eu fazer..." e "No Brasil, hoje, tem menos pobreza". Nunca antes havia visto ele falar tão corretamente o português sem ler.

* É a primeira vez que um presidente em exercício participa de um debate como candidato.

Fatos corriqueiros:

* A mídia ficou tentando convencer o povo de que o Alckmin ganhou o debate. Ganhou em quê?. Noblat disse que se fosse boxe a decisão foi 2 a 1 para o Alckmin. A mídia esquece que numa luta que termina por pontos no boxe, ambos foram vencedores e perdedores. Perdedores pois sangue foi derramado dos doisa lados, e vencedores pois ambos terminaram a luta de pé.

* Todo debate tem a oposição colocando o dedo na ferida do adversário.

* O PSDB se comportou como PSDB e o PT se comportou como PT.

Pontos Máximos:

* Alckmin: "É muito triste ver o presidente do meu país mentindo"

* Lula: "Vocês já privatizaram tudo! Quando não restar mais nada, o que vocês vão vender: A Amazônia?"

Pontos Fracos:

* Alckmin: Quanto a diminuição da maioridade penal: "Sou contra. para muitos juristas, a maioridade penal de 18 anos é cláusula pétrea da Constituição."

* Lula: Quanto à Bolívia: "É muito fácil fazer a bravata que o Bush fez. Se o Bush tivesse bom senso, como eu tenho, não teria havido a guerra do Iraque. Ele teria acreditado no brasileiro que negociava, saberia que não havia arma química e, então, agora estaria tranqüilo. Ele foi avisado e poderia ter ouvido o conselho do Brasil, da França, da Alemanha, mas não seguiu porque pensava que nem você, Alckmin, e fez uma barbárie dessas".
"

The Day After:

* Alckmin: "Só mostrei a indignação do povo". "Não fiquei nervoso não, até dormi bem à noite".

* Lula: "O debate foi entre o candidato que quer o governo do povo contra o candidato que quer o poder para os ricos". "Toda aquela atitude do Alckmin foi encenada"

Conclusão Final:

O povo não ganhou nada com o Embate. As propostas de governo foi relegada à mero detalhe para romper com a blindagem do Lula junto ao partido ou colar a imagem do Alckmin ao atraso do governo FHC.

Quem ganhou mesmo foi a mídia que explorou ao máximo a briga entre os dois. Mesmo assim, não teve o mesmo brilho dos debates entre o Brizola, Covas e Maluf no passado.

2 Comments:

Anonymous Tatolinux said...

Então né? Falaram que o xuxu ganhou? Não vi, escapou-me a atenção esse detalhe. Na verdade, a meu ver, o xuxu foi o que mais perdeu.... Justo ele, que teve um professor tão bom... poderia ter se saido melhor.... e é por essas e outras que acho que ele não é nem um tiquim melhor do que já está. gosto qdo vc fala de politica, pq eu mesmo num falo.... Vc tb amadureceu muito ao abordar a politica, será que meus puxões de orelha no cê surtiram efeito???? Hahahaha, brincadeira, potencial vc sempre teve.

11:31 AM  
Anonymous Anônimo said...

Parabéns, pelas palavras, mas debate sempre foi e sempre será debate, perdedores somos nós que presenciamos esses confrontos pelo poder.
Mas acho que nunca houve tanta decepção com um governante como temos hoje com o nosso presidente.

10:26 AM  

Postar um comentário

<< Home