Acéfalos: 1° de Maio com Sangue Anarquista

sábado, abril 29

1° de Maio com Sangue Anarquista

Em 1° de maio de 1886 ocorreu uma grande manifestação nas ruas de Chicago (EUA) com centenas de milhares de pessoas na intenção de conseguir melhores condições de trabalho e redução da jornada para 8 horas diárias.
Em resposta à greve a polícia reprimiu as manifestações com bombas e abrindo fogo contra os manifestantes. Nesta data 12 operários morreram nesta luta.
Dezenas de pessoas foram presas, e soltas posteriormente com excessão de 8 manifestantes anarquistas que foram condenados sumariamente à forca.
EM 1889 líderes socialistas decidiram fazer manifestações para reduzir a jornada de trabalho para 8 horas todos os dia 1° de maio a partir desse ano em homenagem aos heróis de Chicago.
Em 1891, numa manifestação em Paris a polícia tenta dispersar a multidão e com isso ocorre a morte de dezenas de manifestantes. O que não freiou os atos dos operários nos anos seguintes.
Em 1919 o Senado francês assina lei que reduz a carga de trabalho para 8 horas diárias no dia 1° de maio e promulgando a data como "Dia do Trabalhador". Posteriormente os países foram adotando esta data como feriado nacional.
No Brasil a data é referencia desde 1895 quando em Santos ocorreu a primeira manifestação pela redução da jornada de trabalho.
Em 1925 o presidednte Artur Bernardes adota a data como feriado nacional.

Graças e esses grandes mártires podemos festejar essa data com as Centrais Sindicais nos maiores centros urbanos do mundo.
Festejar também que temos líderes trabalhistas no poder em grandes países como França, Italia, Polonia, Chile, Venezuela e Brasil.

1 Comments:

Anonymous Mike Fox said...

Philip....
Realmente conquistamos alguns direitos com os atos de 1° de Maio, porém hoje em dia acredito que se mudou o sentido da comemoração deste grande dia, hoje nada mais é do que um tão feliz e esperado feriado, onde todos esperam que caia numa Segunda ou Sexta-Feira para poderem emendar a semana e poder descansar ou ir viajar...
Até nos atos Síndicais realizados por todo o País as massas vão em busca de Diversão, Festas, Shows dos Cantores Famosos e do tão esperado Sorteio de casas populares que é realizado neste dia.
Eu duvido que se não houvesse todos esses "atrativos" a população iria comparecer em peso como ocorreu...Segundo informações foram mais ou menos 2 Milhões de pessoas, mas será que estavam nas ruas para comemorar realmente o dia do Trabalho?!?!?!
Infelizmente dúvido, isso porque a Política nunca pode faltar nesses Atos Públicos ainda mais depois de ver e ouvir os respectivos Presidentes e Sindicalistas de tais Instituições e Sindicatos fazerem propaganda política para os Partidos Políticos como foi o caso do Presidente da C.U.T. em Pró do Presidente Lula e do PT.
É uma pena que seja dessa forma que o povo se faz presente nos Atos Públicos e Manifestações....
Se alguém duvida do que escrevi acima, tente realizar uma Manifestação onde não haja Sorteios de casas próprias e Shows de Artistas Famosos pra ver se irão reunir tanta gente assim.
Abraços...

6:20 PM  

Postar um comentário

<< Home